Avaliação, Exames e Testes Neuropsicológicos

Consiste em um exame detalhado das funções mentais que são conhecidas como funções cognitivas, utilizando-se de um conjunto de testes, inventários, escalas e procedimentos padronizados. Investiga o desempenho das habilidades como atenção, percepção, linguagem, raciocínio, abstração, memória, aprendizagem, habilidades acadêmicas, processamento da informação, visuoconstrução, afeto, funções motoras e executivas.

A quem se destina

É recomendada em casos onde haja suspeita de uma dificuldade cognitiva de origem neurológica ou comportamental. 

Exemplos:
- Doença de Alzheimer e diversos tipos de Demências;
- Diagnóstico diferencial entre Depressão e Demência;
- Epilepsia;
- Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade;
- Dificuldades escolares;
- Distúrbios do desenvolvimento;
- Lesões cerebrais decorrentes de traumatismos;
- Acidente Vascular Cerebral (AVC) ou Derrame;
- Distúrbios psiquiátricos ou neuropsiquiátricos;
- Esclerose múltipla e outras doenças neurodegenerativas;
- Déficits causados por abuso de drogas e álcool e outras substâncias.

Reabilitação Neuropsicológica

Tem como objetivo a estimulação cognitiva global, através de intervenção terapêutica das áreas deficitárias como tratamento principal ou complementar.

São utilizadas técnicas globais que se inserem num processo de readaptação à doença, visando capacitar os pacientes com déficits cognitivos causados por lesões ou doenças para que possam adquirir um bom nível de funcionamento social, físico e psíquico.