A linguagem é fundamental para a organização e expressão do pensamento. E é por meio dela que a comunicação é realizada promovendo a primeira forma de socialização do indivíduo, possibilitando interação com o mundo, a expressão de valores e regras, registro e contação de histórias, enfim, elementos fundamentais de uma cultura.

Qualquer alteração de linguagem, seja na fase de aquisição ou de desenvolvimento do indivíduo, tenha ela uma causa física, neurobiológica, cognitiva, emocional, social; apresente alteração em nível de recepção ou expressão oral ou escrita, compreenderá um dos campos de atuação da fonoaudiologia, envolvendo prevenção, diagnóstico e intervenção.

A atuação Fonoaudiológica

• Avaliação e atendimento terapêutico 
na área de linguagem oral, atuando em casos de atraso de aquisição e desenvolvimento de linguagem, trocas, omissões, substituições na fala.

• Avaliação e reabilitação em Distúrbios da motricidade oral envolvendo desordens da musculatura facial, dificuldades de respiração, mastigação e deglutição, hábitos inadequados de sucção.

• Avaliação e intervenção terapêutica das disfonias (perdas vocais) em adultos e crianças.

• Reabilitação do paciente com deficiência auditiva.